8.02.2021

Viúva Lamego &

Quinta da Alorna

Quinta da Alorna. Tanto por descobrir.

Os nossos Reserva distinguem-se por serem blends entre duas castas de referência. Em cada um deles podemos encontrar uma das melhores castas portuguesas combinada com uma casta francesa. Aqui apresentamos o Alvarinho & Viognier.

Neste espírito de união, juntámo-nos à @viuvalamego1849 para apresentar a nova imagem. Todas as peças que compõem as fotografias dos nossos Reserva fazem parte da sua coleção de cerâmica.

Hoje reconhecida especialmente pelos seus azulejos, a Viúva Lamego nasceu em 1849, nessa altura como oficina de olaria de António Costa Lamego. Em 1876, após a sua morte, a gestão da empresa é assumida pela sua mulher, assumindo o nome pela qual é hoje conhecida.

A Viúva Lamego produzia sobretudo artigos utilitários em barro vermelho, azulejos em barro branco e alguma faiança.

Inspire-se com o nosso Reserva Arinto & Chardonnay, uma combinação de notas cítricas e mineralidade do Arinto com a fruta amarela madura e nuances tostadas do Chardonnay.

Com a chegada do séc. XX, o azulejo tornou-se o principal produto Viúva Lamego. Durante os anos 60 a arte pública ganha força e a Viúva Lamego cresce de mãos dadas com a arquitetura e urbanismo, seja pela integração do azulejo como forma de arte ou pela cerâmica usada na decoração de edifícios.

Hoje, a marca mantém os olhos postos no futuro, criando parcerias com os mais distintos arquitetos e artistas urbanos.

Descubra mais em www.viuvalamego.com

PARTILHAR

TANTO POR DESCOBRIR

voltar

TANTO POR DESCOBRIR

voltar